Politica

28/12/2019 15:52

Na primeira pesquisa eleitoral de 2020 , Marcelo Queiroz lidera para prefeitura de Santo Antônio

Levantamento realizado pelo instituto JC Consultoria e Pesquisas avaliou os mais cotados para a disputa eleitoral de 2020 à Prefeitura de Santo Antônio do Leverger (42,9 Km de Cuiabá).

Candidato no último pleito de 2016, Marcelo Queiroz é o líder com 10,9% das intenções de voto, seguido pelo empresário Nicássio do Juca , que ficou em 2º lugar com 9,6%.

Com 1% a mais nas intenções de voto, ficou em 3º lugar o também candidato no último pleito Franklin (9,2%).

Os outros seis candidatos receberam os seguintes índices: Gisele (7,4%), vereador Adelmar (7,1%), Vanderlei do Mercado (6,4%), Franciele (4,2%), Dudu Moreira (3,8%) e Edgar Neto (2,1%). Os votos brancos,  nulos totalizaram 7,8% do eleitorado.

Os dados foram coletados entre os dias 20 a 27 de dezembro de 2019, e ouviu 305 pessoas de 13 bairros da cidade.


O índice de rejeição mostra que Nicássio está na última posição, ou seja, ele é o menos rejeitado pelo eleitorado da cidade de Santo Antônio de Leverger, com apenas 1,9%. Na pesquisa de rejeição é perguntado ao eleitor em qual candidato ele jamais votaria.
Entre os pretensos candidatos, Franciele é a mais rejeitada, com 11,7%, sendo precedida por Dudu Moreira (9,2%), Franklin (9,2%), Marcelo Queiroz (8,5%), Gisele (8,2%), Vanderlei do Mercado (4,2%), Vereador Adelmar (3,3%) e Edgar Neto (3,1%).
A pesquisa quantitativa tem margem de erro de 3,0 pontos percentuais para mais ou para menos, e os valores foram arredondados pelo programa.

Já na pesquisa para vereador os nomes apontados foram de Admar Gally, Gisele Paim e Ney Macário que estão em primeiro lugar com empate de 3,4%. Logo depois vem Miguel,  Amilton,  Pedro Perozão e Erick com  1,7% os segundos colocados para o legislativo municipal.

 

ÍNDICES DE REJEIÇÃO

O índice de rejeição mostra ainda que Nicássio está na última posição, ou seja, ele é o menos rejeitado pelo eleitorado da cidade de Santo Antônio de Leverger, com apenas 1,9%. Na pesquisa de rejeição é perguntado ao eleitor em qual candidato ele jamais votaria.

Entre os pretensos candidatos, Franciele é a mais rejeitada, com 11,7%, sendo precedida por Dudu Moreira (9,2%), Franklin (9,2%), Marcelo Queiroz (8,5%), Gisele (8,2%), Vanderlei do Mercado (4,2%), Vereador Adelmar (3,3%) e Edgar Neto (3,1%).

A pesquisa quantitativa tem margem de erro de 3,0 pontos percentuais para mais ou para menos, e os valores foram arredondados pelo programa.

Foram realizadas pesquisas nos bairros Centro, Altos do Leverger IE II, Cohab Fronteira, Nova Esperança, Círculo Militar, Praia do Poço, Lixá, Jardim Santo Antônio, Nossa Senhora de Fátima, Arruda Pinto e Lage. Ao todo, foram entrevistados 62,3% da população urbana da cidade.

Nas comunidades rurais, que totalizaram 37,7% dos entrevistados, foram abordadas pessoas em Mimoso, Agrovila das Pelmeiras, Varginha, Liderança, Olho D'água, Engenho Velho, Sangradouro, Gleba Resistência, Porto de Fora, Córrego do Duro, Recento do Laranjal, Bocaina, Morrinho, Morro Grande, Barranco Alto, Serrana, Pontal, Atacoaral, Vale Abençoado e Abolição.

A maioria dos entrevistados tinham entre 25 e 34 anos (28,5%), sucedidos por pessoas de 35 a 44 anos (26,9%), de 45 a 59 anos (14,8%), 18 a 24 anos (14,1%), mais de 60 anos (10,8%) e de 16 a 17 anos (4,9%).

Os homens entrevistados totalizam o percentual de 54,8, e as mulheres 45,2. No quesito "grau de escolaridade', 45,9% possuem segundo grau completo ou superior incompleto. Com primeiro grau completo e segundo grau incompleto existem 26,6%.

Os que possuem o primário completo e primeiro grau incompleto totalizaram 13,8%. Já os de nível superior completo há 8,2% dos entrevistados. Afirmaram ser analfabetos ou possuir o primário incompleto 5,6%.

Dos entrevistados, 87,9% afirmaram ter renda familiar de até quatro salários mínimos. De cinco a oito salários, afirmaram receber 7,5%. De nove a 15, 6,3%, e até um salário mínimo, 36,6% dos entrevistados. Afirmaram receber mais de 15 salários mínimos 3,7%.

A pesquisa de percepção geral do eleitorado em relação à eleição de 2020, usou a técnica Survey de opinião. A empresa está registrada pelo CNPJ 14.606.822/0001-25.


A pesquisa de percepção geral do eleitorado em relação à eleição de 2020, usou a técnica Survey de opinião. A empresa está registrada pelo CNPJ 14.606.822/0001-25.


Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo